Maxi manta com pipoca e livro

Como Criar Peças de Crochê com o Próprio Estilo

Olá, Crocheteiras!  Nas artes manuais, é muito comum encontrar inúmeras peças muito parecidas, ou até mesmo iguais. Esse é até um dos motivos de muita gente se afastar, parece que é tudo meio “mais da mesma coisa”. E, por isso, hoje vamos conversar sobre como criar um diferencial para as suas peças de crochê.  

Então, aqui vão algumas dicas de como se tornar uma artista com diferencial!  

Defina o seu estilo  

Possuir uma identidade que é a sua cara mostra para o público a personalidade das suas peças e sua própria. Descubra qual a paleta de cores que vai buscar trabalhar, combinações de pontos que mais usará e os materiais que dará preferência. Estilo é também constância, então defina quais características do crochê serão a cara das suas peças.  

Entenda o seu propósito 

É extremamente necessário entender o seu porquê. Por qual motivo você faz o que faz? O que te move? Entenda a sua história e a conte. As pessoas se identificam e se conectam com propósitos. Assim, fica muito mais fácil saber onde você estava, onde está e aonde quer chegar.  

Tenha foco  

“Quem faz muito de tudo não faz nada de nada”. Se especialize! Escolha um segmento para começar, onde você tem mais carinho ou domínio e invista nele. Isso não quer dizer que não pode produzir para outros fins, mas entender que você é – ou está buscando ser – te ajuda a ser referência no mercado e, logo, a ter um diferencial nas suas peças de crochê. 

Se inspire com o mundo ao seu redor

Você já parou para observar a sua volta? As roupas que as pessoas ao seu redor estão utilizando, a arquitetura dos prédios e das casas, os sons e belezas da natureza.  

Ou, já parou para realmente observar pinturas e fotografias em galerias (ou fora delas), gastar tempo ali mesmo, identificando aquela paleta de cores, suas texturas e sentimentos despertados.  

Absolutamente tudo ao nosso redor pode ser fonte de inspiração, então, observe, questione e admire mais. Dos lugares mais inesperados, podem surgir grandes ideias. 

Procure comprar os melhores materiais  

Fornecer uma peça criada com materiais de boa qualidade faz total diferença, os seus clientes vão perceber que sua produção valerá o preço que você cobra. Além disso, é muito melhor vender peças de qualidade, do que uma quantidade maior de peças que não são boas. Assim, o seu público ficará fiel ao seu produto e ainda vão indicá-los. Se quiser uma dica de onde comprar materiais, na nossa loja vendemos os mesmos fios que a Anne usa em suas próprias criações.  

Faça um curso de aperfeiçoamento 

Se atualizar nos estudos nunca é demais, e como as tendências mudam o tempo todo, é bom que você procure um curso que te ensine técnicas que você ainda não conhece. Isso aumenta o refinamento da sua peça e gera valor ao seu produto.  

Por exemplo, aqui na Escola de Artes Manuais, nós temos cursos como o “Design em crochê” que busca exatamente a execução de peças e técnicas diferenciadas, sem seguir receitas, a ideia é você criar a sua identidade e ser independente no crochê.  

Conheça seu público alvo 

Esse conceito se refere às pessoas que são suas consumidoras, ou que podem vir a ser no futuro. Quanto mais você conhecer para quem você vende, maior será sua capacidade de criar peças que agradem esse público.  

Então, relacione-se. Interaja nas redes sociais, entenda o perfil dos seus atuais clientes e faça, sempre que possível, pesquisas de satisfação. Ao entendê-los, será possível se especializar cada vez mais para criar produtos que se adequem ao seu público, fazendo com que eles se tornem clientes fiéis a você.   

Invista nas redes sociais e internet 

A internet tem sido um grande portal de oportunidades, por meio dela, você pode expor suas peças, interagir com seu público, conhecer artistas do seu nicho, produzir conteúdos de qualidade que podem gerar uma graninha extra, montar uma loja online e aproveitar todas os benefícios que o comércio virtual pode oferecer.  

Saber divulgar bem as suas criações não é fácil, mas faz toda a diferença!

Uma imagem vale mais que…  

Saiba divulgar o seu trabalho! É necessário ter um portfólio ou quem sabe um site para divulgar os seus produtos. Sem falar nas redes sociais que hoje são uma grande vitrine do que fazemos. Por isso, lembre-se que tirar boas fotografias das suas produções é essencial para a aumentar a sua presença e visibilidade no mercado. Pouco adianta fazer uma peça perfeita, mas que não será vista por ninguém além do comprador.  

Você tem alguma dica de como criar um diferencial para as suas peças de crochê nesse nicho tão amplo? Compartilha com a gente aqui nos comentários, vamos amar trocar experiências. 

Até semana que vem, anota essas dicas aí e já começa a aplicar! #agulhasativar 

 

Divulgue esse Artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

2 comentários em “Como Criar Peças de Crochê com o Próprio Estilo”

  1. Bom dia ! Gostaria muito de participar do curso. Faço crochê a exatamente 1 ano após ter parado de fumar , sempre gostei de artesanatos entrei no YouTube e comecei a ver vídeo aulas , como fazia cada ponto e já fui pras receitinhas de amigurumi e me apaixonei pela técnica. Já faço peças bonitas , todos curtem o trabalho , sou gerente de um Hotel no interior exponho na recepção e vendo tudo.Mas preciso de técnica, me aperfeiçoar e tenho dificuldade em achar um curso confiável e que me interesse.De tudo q pesquisei o seu foi o mais interessante. Aguardo anciosa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Recentes